Alemanha-África-Portugal: a geografia das identidades

20 de fevereiro de 2016, Casa dos Amigos do Minho (Lisboa)
 
O primeiro evento da Djass, ainda como grupo informal, teve como tema central as questões da identidade, participação e representação dos afrodescendentes em Portugal e na Alemanha, aproveitando a presença em Lisboa de convidadas alemãs cuja vida e/ou trabalho refletem estes temas.
 
O programa incluiu:
 
Apresentação do projeto “negro.branco.alemão (schwarz.weiß.deutsch). Africanos na Baixa Saxónia – em busca de pistas”, por Katharina Lob.
 
Apresentação de uma exposição destinada a dar visibilidade à presença africana na região norte da Alemanha, em particular no estado da Baixa Saxónia (Niedersachsen), dando uma panorâmica histórica da participação e representação das/os africanas/os entre os séculos XVIII e XX e demonstrando o importante contributo que deram à sociedade alemã ao longo da História,
 
Exibição da curta-metragem “Crocodiles without saddles”, seguida de conversa com a realizadora e produtora Britta Wandaogo
 
“Quando não souberes para onde ir, lembra-te donde vieste.” Um multipremiado documentário, em jeito de “road movie”, sobre a sorte de sermos nós próprios. Kaddi, a filha de 12 anos da realizadora, reflete sobre o sentido da vida e o papel que ela desempenha nas suas duas famílias: a africana e a alemã. Com recurso a imagens do seu arquivo pessoal, o filme estabelece um diálogo íntimo entre as imagens da mãe e as palavras da filha, mostrando como as memórias podem ser cultivadas para tornar o “aqui e agora” mais compreensível.
 
Debate sobre as questões de identidade, participação e representação das/os africanas/os e afrodescendentes em Portugal e na Alemanha.  

Moderado pelas sócias fundadoras da Djass Ariane Reipke e Beatriz Gomes Dias.
 
Jantar africano e festa

Ver mais informação

Voltar ao topo