SESSÕES DJASS #3: O Movimento Negro em Portugal

15 de julho de 2017

As “Sessões Djass” têm como objetivo discutir temas como racismo, colonialismo, escravatura, privilégio e negritude a partir de um/a autor/a, de um filme, de um livro ou de qualquer outra obra ou expressão.

A terceira sessão de 2017 teve lugar no dia 15 de julho no Damas, em Lisboa, e foi dedicada ao Movimento Negro em Portugal.

A partir de uma demonstração de teatro-fórum pelo GTO-LX – Grupo de Teatro do Oprimido de Lisboa, Anabela Rodrigues (GTO-LX), Etiandro Costa (Consciência Negra) e Mamadou Ba (SOS Racismo) falaram sobre o Movimento Negro em Portugal e sobre as suas principais lutas e desafios. Um debate moderado por Lúcia Furtado (Djass) que contou também com a participação de várias/os ativistas e outras pessoas presentes no público.

Na segunda parte da sessão, a luta esteve igualmente presente nos temas musicais trazidos pela banda Mandjuas, encabeçada pelos músicos guineenses Guto Pires e Maio Coopé, e pelo Dj Rykardo e o trompetista Ricardo Pinto, que encerraram uma noite memorável.

​​​Ver mais informação

00_8_orig
01_14_orig
02_11_orig
03_9_orig
04_16_orig
05_14_orig
06_17_orig
07_14_orig
08_16_orig
09_18_orig
10_19_orig
11_20_orig
12_20_orig
13_20_orig
14_18_orig
15_20_orig
16_16_orig
17_18_orig
18_15_orig
19_15_orig
20_16_orig
21_17_orig
22_18_orig
23_18_orig
24_18_orig
25_15_orig
26_17_orig
27_19_orig
28_16_orig
29_17_orig
30_13_orig
31_11_orig
32_12_orig
33_12_orig

Anterior
Seguinte

Voltar para Atividades 2017

Voltar ao topo